Mark Driscoll - Pornografia e Masturbação


Mais um vídeo pra galera comentar. O que acham das declarações de Driscoll neste vídeo???

17 comentários:

Anônimo 24 de fevereiro de 2010 12:15  

Que baixaria... kkkkkkkkkkkkkkkkkk

GG 24 de fevereiro de 2010 12:30  

Tinha que ser um anônimo pra começar com a gracinha... kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!

Rick Serrat 24 de fevereiro de 2010 12:38  

Tava ficando feliz em saber, que se masturbar não é pecado... Só que ai ele falou tudo, luxuria pronografia e masturabação, um ligado ao outro...

Mark Driscoll sacanagem em... mais sacanagem ainda é o GG ter me mostrado esse video...

Orem por mim :P
rsrs

Eder Barbosa de Melo 24 de fevereiro de 2010 12:52  

Postagens bem legais! Saindo pro trampo, depois passo com calma para comentar, té mais!

Ewerton Leandro 24 de fevereiro de 2010 13:43  

Ótimo vídeo! Muita coisa boa para se pensar!

Para os solteiros eu acho bem difícil viu?? Ele diz que se não for compulsivo, nem com luxúria, não é pecado, maaas, sabemos que a masturbação envolve isso e mais!
Afinal, se olharmos para uma mulher com intenção impura já é pecado, imagine se auto-satisfazer pensando nela? É isso aí, para mais desse assunto, recomendo os textos e as pregações do Steve Gallagher (Pure Life Ministries) que passou por muito mais que isso e agora ajuda homens com problemas com pecado sexual (ou seja, quase todos... Hehehehe)

Anônimo 24 de fevereiro de 2010 15:27  

Não gostei!
Vim pelo Twitter crente que era pornografia de verdade - kkkkkkkkkkkk
Brincaderinha... muito bom o vídeo.

Júnior 24 de fevereiro de 2010 15:44  

iuHAIAHiHaiHAiHA

GG 24 de fevereiro de 2010 16:13  

Olha os anônims ae fazendo algazarra nos coments... kkkkkkkkkkk.

@gustavogui

profetirando 24 de fevereiro de 2010 17:21  

Já conhecia esse vídeo do Mark Driscoll. Sei lá, mas faz sentido... ou não!

Anônimo 24 de fevereiro de 2010 18:48  

GG bundão, oque tem contra os anônimos, DEUS nos ama.

Jonas Voltz 24 de fevereiro de 2010 21:39  

Faz todo o sentido. Boa sacada.
Só vale enfatizar: Não se arrisque, não cai nessa de parte do que o cara disse e era isso. Isso está totalmente ligado a luxúria.

GG 25 de fevereiro de 2010 06:02  

Esse "anônimo" que comentou não leu os coments nos posts anteriores, principalmente onde agradeço aos anônimos pelos coments.

Também não deve ter ouvido o episódio do 7Cast feito exclusivamente para um anônimo, com muito amor e carinho.

E, Jonas,
Essa sua última frase, foi EXATAMENTE o que o cara falou! rsrs...

Paz

@gustavogui
T-7 Staff

qstaoddc 25 de fevereiro de 2010 10:27  

Como de custume,sempre deixando a mensagem mais clara e de modo teatral,e 1 estilo atual dos preletores por todo o universo!r$r$r$r$

Anônimo 25 de fevereiro de 2010 10:34  

Leonardo Rosendo Carvalho

E ai galera, blz? Meu primeiro comentário em algum site e já de antemão peço desculpas por qualquer equívoco. kkkk

O tema é interessante e polêmico, mas, gostaria de ressaltar algo. Como diz no vídeo, a masturbação longe da luxúria é aceitável e digo mais, beber sem se embebedar também seria um fato "permitido". Logo, eu lhes pergunto, quem consegue domínio próprio sobre estas coisas? Quem bebe apenas uma vez ou se masturba uma vez que não deseje novamente? Ou, quem faz uma vez ou outra que não se torne dependente?
Fatos como esses, seriam saudáveis para nossas vidas? Seriam construtivo ou edificariam o espiritual?
A minha opnião é que estas coisas são mais alguns elementos colocados na vida dos homens para tirar o foco de DEUS.
"Buscai em primei ro lugar o reino de Deus, e sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas." Mt 6:33

Fiquem na paz!

Passamani 25 de fevereiro de 2010 13:56  

Esse é meu amigo leonardo!

kkkkkkkkkkkkkkkk

falou bonito ChatolEO

@SamuelPass
T-7 Staff

Jean Dias 25 de fevereiro de 2010 14:08  

Só tenho algo a comentar. Já fui viciado em pornografia, era totalmente escravo dessa prática.
Graças a Deus pelo meu casamento que me ajudou muito a me libertar, mais a escolha de ser liberto foi minha e dependeu da minha decisão de ser santo. Infelizmente muitos jovens acham que ao se casarem não serão tentados a praticar a luxúria, estão equivocados os que pensam assim, a libertação depende totalmente da minha vontade de não querer praticar e se realmente estou disposto a renunciar tais práticas.

Ira 25 de fevereiro de 2010 15:50  

Nem vou entrar nessa "mascudiscussão" mas eu gostei da pregação!

Postar um comentário

BLOG BOOKS!

Onde é que tá?

Divulgue-nos

T-7

Territorianos

Facebook

Comparsas

Siga-nos no Twitter

ImageHost.org
BlogBlogs.Com.Br