7Cast #008."Modismos, estrelismos e outros 'ismos' do Mundo Gospel"

ImageHost.org

Neste episódio polêmico, GG (@gustavogui), Henrique Serrat (@rickserrat), o estreante Beto Rodrigues (@1betorodrigues) e Tiago Verde (@TiagoVerde) falam sobre algumas das manias mais feias de alguns artistas que andam espalhando toda sua ganância pelo Brasil.


Neste episódio, saiba a diferença entre um culto e um show, ouça histórias malucas sobre alguns cultos bem esquisitos, e descubra quem de nós levou um baita soco nas costas durante um período de "louvor", sem saber que estava no meio de uma rodinha de hard-core.


Duração: 01:10:14


Promoção "Território7 no Twitter":
Ouça o episódio inteiro e descubra quem leva pra casa um exemplar do livro "A Cabana", de Willian P Young.


Mande sua sugestão, crítica, pedido, etc:
Quer criticar o episódio? Apontar algum erro nosso? Mandar a sua sugestão de tema? Ou simplesmente parabenizar o nosso trabalho? É só mandar seu e-mail para podcast@territorio7.com.br. Nós leremos os e-mails escolhidos no ar, durante os próximos episódios.


Set List:
Sanctified (Mercy Me)
Part od it (Relient K)
Circles (Switchfoot)
Reckless Youth (Pillar)
Here I Am to Worship (Tim Hughes)
We All Need Saving (Jon McLaughlin)
Just Memories (Jimmy Oliveira)
Make Me Over (Lifehouse)
Perdido no Espaço (Lucas Souza)
The Science of Lies (Demon Hunter)
Look to Love (SonicFlood)
Te Vejo Poeta (João Alexandre)



Aperte o Play:

Download | Assine Feed 
7Cast no Itunes: itpc://www.mevio.com/feeds/7castpodcast.xml

16 comentários:

GG 18 de janeiro de 2010 10:37  

Cara, rolou beijinho até pro Duh Vinicius dessa vez... aushauhsuahushuahsa

Ronald Luis 18 de janeiro de 2010 14:19  

Primeiramente grato pela premiação na promoção!

Gostei do assunto! De muita relevância para o nosso meio. Eu sempre fui e continuo sendo crítico quanto a esse assunto...

O que mais lamento, não são os 'artistas', a maioria realmente vivem do ministério, tem seus custos, etc... O meu maior lamento são os 'aproveitadores', em sua maioria produtores desses 'shows' que realizam esses eventos com o único intuito de ganhar dinheiro, obter lucro... Não condeno o lucro deles, mas condeno ser o principal objetivo.

Porque não trazem a banda, o cantor, como forma de evangelizar, para ganhar vidas, para abençoar, etc... Os produtores trazem unicamente para lucrar, e acho isso um absurdo! Tanto que aqui em Fortaleza, só vem o Oficina G3, o Kleber Lucas, a Damares e mais alguns cantores que tem público certo...

Eu sou uma alma que me reconciliei em um 'show' e conheço outros tantos que já aceitaram a Jesus dessa forma...

Inclusive faço parte de um grupo de intercessão da banda Oficina G3, o Comando Oficina G3, já fui mais ativo, hoje em dia nem tanto, mas fazíamos um trabalho de reunir os jovens, num local público, pregar a palavra e principalmente direcionar os convertidos nos shows do Oficina G3 par alguma igreja cristã... A galera achava que éramos um fã clube, e alguns tinham inveja do nosso trabalho sério, mas nunca nos importamos com as opiniões alheias...

Nesse grupo, entre tantas outras bênçãos, conheci minha esposa, namoramos 7 anos e já estamos casados a dois... Já passou 9 anos? Meu Deus tô ficando velho...!!!

Eu não desisti de shows, e pretendo não desistir nunca, afinal me divirto muito neles e nós cristãos também temos esse direito!

Estou ajudando uma igreja que conheço a trazer um cantor para Maracanaú/CE, e estou gostando da experiência... Está havendo muita coerência na conversa que estamos tendo com a acessoria do cantor... Se Deus quiser dará certo...

Então, músicos eu concordo cobrarem cachê, agora quanto a pregadores..., eu não concordo de forma alguma o cara cobrar pra pregar, mas sinceramente, só cobram valores absurdos porque tem quem pagem!

Queria muito, nem que seja em off saber os nomes dos 'artistas' citados no cast... só citaram a Aline Barros e a Nívea Soares... coitada... Todos gostam de receber elogios, mas poucos aceitam críticas...

Vcs já ouviram a letra do rap A Graça da Garça? Ouve aí: http://renovoblog.blogspot.com/2010/01/graca-da-garca.html

Quanto a downloads de músicas, isso é assunto para o próximo cast... digamos um cast específico sobre esse assunto... Mas eu faço downloads sim!

Ritmos eu também sou eclético, mas odeio forró e funk, tanto quanto adoro rock, pop e mpb!

Gostei do programa! Parabéns! Como faço pra receber meu presente? Mando e-mail pra quem?

Ronald Luis 18 de janeiro de 2010 14:23  

Desculpem-me pelo tamanho do comentário, ia ouvindo e comentando, quando postei viu que ficou gigante!

Rick Serrat 19 de janeiro de 2010 09:44  

Ronald... tem nada não comentário grande é bom... que ai pelo menos aqui o GG pratica a leitura dele... já q ele não tem lido a biblia quase nunca...(rsrsrs) brincadeira !

Mais isso que o Ronald falou é verdade... os carniçais do meio GOSPEL, os produtores de eventos e tb podemos colocar muitos empresarios no meio desses carniçais...

GG 19 de janeiro de 2010 10:42  

Po, Rick... é por isso que esses caras do Formspring ficam me enchendo o saco - kkkkkkkkkkkkkkkk

@gustavogui
T-7 Staff

Everton Prezilius 19 de janeiro de 2010 15:38  

Esse último podcast foi muito bom mesmo, eu gostei demais, é uma pena que o tempo foi muito curto para um assunto que envolve tantas coisas.

Vai uma sugestão. Poderia ter um outro podcast continuando com o assunto que é de grande importância para nós.

Everton Prezilius 19 de janeiro de 2010 15:50  

GG eu também já passei pela experiência dessa cantora que se acha "estrelinha", e também do digníssimo esposo dela.
Não somente dela, mas também de alguns outros cantores e pregadores que querem se enriquecer as custas do evangelho.

Todos sabemos que para se suntentar um ministérios e afins o custo é alto e que quem vive da obra é digno do salário, mas não é o absurdo que muitos querem...

GG 19 de janeiro de 2010 16:10  

Everton, a idéia de criar continuações para os podcasts já está em pauta há muito tempo. Só não fizemos nenhuma continuação ainda, porque estão por vir alguns temas mais pesados, como este, os quais valem ainda mais a pena uma continuação.
Bom, só pra deixar a galera que lê os comentários com água na boca, eis a lista de alguns temas que estão por vir:

- Cristianismo com Humor
- Sexualidade
- Cristianismo na política e vice-versa
- Teologia da Prosperidade

Estes são os que, provavelmente, terão continuação e talvéz até uma série dedicada unicamente a eles. Mas a maioria deles ainda não tem data definida para irem ao ar, portanto, esperem... vale a pena.

Paz


@gustavogui
T-7 Staff

Tiago 19 de janeiro de 2010 17:01  

Bom, acho que nem preciso dizer que adorei participar desse pod.

Everton Prezilius 19 de janeiro de 2010 17:11  

Já ia me esquecendo de falar um pouquinho sobre os modismos...
É algo de uma complexidade muito grande, pois cria muitas divergências entre as pessoas. Respeito as outras opiniões, mas fico com a que tenho comigo.
Percebo surgir inúmeros conceitos de que tudo o que envolve o nome de Deus, o nome de Jesus Cristo é certo, que as pessoas que não tem por costume analisar a Bíblia caem na lábia dessas pessoas.

Recentemente eu estudei na EBD sobre um fato na história de Davi. Ele sentia falta da Arca(presença, glória) do Senhor em Jerusalém e ele resolve busca-la de volta para Israel. Na primeira tentativa ele não obteve êxito pois apesar de ter um bom propósito, ele foi de forma contrária as ordenanças de Deus. Depois que tudo foi feito conforme os parâmetros divinos que ele conseguiu trazer de volta a arca.
Vou puxar um pouco para os dias atuais.
As pessoas estão equivocadas pensando que é de qualquer forma que estaremos adorando a Deus, esquecemos de que devemos seguir algumas ordenanças expressas na Bíblia, etc.
Eu creio é na simplicidade e sinceridade do evangelho, um evangelho de renúncia, não um evangelho “moderninho” como vemos.
Enfim, essas pessoas podem até ter um bom objetivo, mas infelizmente usam métodos errados para difundir o evangelho de Cristo.

Poderia citar alguns versículos bíblicos apontando para esse tema, mas o que me chama a atenção é um dito por Jesus que está em Mateus 7.21: “ Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”.
Precisa comentar ???
E também o que Isaias professa em Is 29:13: “Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído”;

Um abraço a todos...

@MatsoThiago 19 de janeiro de 2010 18:14  

Diz, caras! Mais um 7Cast detonando! Muito bom o assunto, muito polêmico! Conheço cantores também que fazem isso. Já presenciei muito isso aqui em Fortaleza! Cantores que sobem ao palco contando os minutos para descer, parece que existe uma pressão grande em cima deles, que não é o caso. Cantores gospel que precisam de helicóptero e jatinho para transporte? Aí, não! Meu caro! =)

Evang_Felipe 20 de janeiro de 2010 13:58  

Este Podcast Foi show demaissssssss
Muito bom discutir esse tipo de assunto, pois muitos não sabem o que realmente rola por trás dos bastidores....
Parabens ao territorio7 por Podcasts de qualidade e conteudo, e a todos que participam....
BJS DESLIGA

morena moraes 20 de janeiro de 2010 19:45  

caraca! dava pra ficar até de madrugada falando neste assunto!

o problema do meio musical gospel, é que ele é gospel. acredite se quiser!

pq se qualquer músico secular que faz sucesso, desejar, almejar, sonhar mais alto e isso passar a ser ganancia, isso pra muitos fãs não é um problema. mas pro artista gospel, é o passaporte carimbado pro inferno.

o ser humano é falho, cheio de prepotências e cristão ou não, é passível de erros.

dessa maneira, se o artista cristão surta geral e resolve que no camarim dele tem que ter um pote de M&M sem as balas verdinhas, amém. agora se o público dele acha iss muito 'normal', o pecado está então em quem incentiva esse tipo de atitude, e não só no artista. manja?

sobre esse negócio de pirataria, pootz, eu sou do princípio do qual a definição deste ato ilícito é: "fazer dinheiro à patir da obra intelectual de outra pessoa".

portanto, eu não vejo como 'pecadinho', sinceramente, baixar o CD de ninguém pela internet, contanto que o download seja grátis e que as regras éticas sejam respeitadas, ou seja, não é pra baixar o CD e sair vendendo cópia pros amigos e nem dizendo que a harmonia foi composta pelo seu tio da Congregação. hunf.

tem mil coisas pra falar, mas no fim, o que eu quero mesmo dizer é:
@rickserrat, apaixonei!
AUHAUAHAUAHAUAHUAHAUAHAU =P

olha que eu oro-contra esse casamento, ein?!
auhauahuahauhaa ai, que horrooor!
tá repreendidooooo!!! que Deus os abençoe!

@morenamoraes

morena moraes 20 de janeiro de 2010 19:48  

e GG, pelamor, torne-se um homem mais discreto!

é que ele gosta da sonoridade do @morenamoraes, por isso que ele repete sempre.


paulinha.

Rick Serrat 23 de janeiro de 2010 20:57  

Uma pergunta.. vcs clicaram nos banners ao lado >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
????????????????????????????
Estamos esperando! rsrs

Samuel Varela 25 de janeiro de 2010 01:19  

Gostei muito do podcast...
Demorei um pouco a ouvir por isso a demora também para comentar.
Acho um grande absurdo certos pastores cobrarem fortunas para pregarem. Assim como algumas bandas também.
Conheço algumas bandas que combram apenas as passagem e estadia. E a igreja tem toda a liberdade de tirar uma oferta para eles, mas isso não é obrigatório. Assim é que deveria ser com todas as bandas e pastores. Ou pelo menos não cobrar valores tão exorbitantes assim.

Postar um comentário

BLOG BOOKS!

Onde é que tá?

Divulgue-nos

T-7

Territorianos

Facebook

Comparsas

Siga-nos no Twitter

ImageHost.org
BlogBlogs.Com.Br