Não toque no ungido que ele te pega...

Clique na imagem para ampliar.


Fonte: Tolices do Orkut

8 comentários:

João Paulo Fernandes 26 de março de 2010 00:00  

Percebi que temos afinidades nas postagens.O que acha de firmarmos parcerias?

João Paulo Fernandes

http://veshamegospel.blogspot.com/

Celcerol 26 de março de 2010 08:57  

Aiai, só oque me faltava.
Num vou falar nada, to até com medo.

Rozana Correa 26 de março de 2010 09:01  

Aiai, só oque me faltava.
Num vou falar nada, to até com medo.[2]
O.O

Júnior 26 de março de 2010 09:26  

Se eu tiver que morrer por falar a verdade, posso fazer o que?

Continuemos a nossa luta, expurgando esses "cânceres" do meio cristão verdadeiro.

Cada dia mais contra o televangelho da prosperidade,

@jrvolkov

Deia Bertoldi 26 de março de 2010 12:57  

Cabe a Deus a correção de cada filho Seu!

Não sou eu que devo apontar os erros ou julgar os atos... Deus eh soberano para fazer Sua Palavra permanecer fiel aos que O buscam de coração limpo!

Portanto, se certos ou errados, a Universal prestara contas assim como eu e vc...!

Que assuma cada um seus proprios erros e acertos!


Graça e paz aos amados do Pai!

T-7 26 de março de 2010 13:23  

Deia, é sempre bom ver seus comentários por aqui.

Mas dessa vez é necessário lembrar que combater heresias, mesmo que seja de maneira bem-humorada como nós e outros blogs fazem, é um DEVER de todo cristão que ama a Palavra.

Paulo sempre escreveu recomendações contra heresias.

Este post em específico não foi contra uma heresia qualqer, mas pior - uma sátira contra CRIMES de uma instituição que insiste em cometer abusos. Ou seja, denunciar crimes não é só um dever cristão, mas também um dever cívico. Como cidadão, tenho o dever de denunciar crimes.

Entendemos seu ponto de vista e concordamos com ele. Mas isso não significa que somos obrigados a cruzar os braços e esperar que Deus saia de seu trono e venha quebrar tudo aqui - afinal de contas, se assim fosse, por qual motivos estaríamos aqui????

T-7

Júnior 26 de março de 2010 14:52  

Eu tenho o defeito (ou a capacidade) de julgar, critico o mais incriticavel ato soberano, sobre a mais criticavel ação.

Creio que o que nos faz livres, em Cristo, é a liberdade de sermos livres. Pareceu redundancia, mas ser livre que dizer: para pensar, falar, agir e comunicar-se.

Como eu não seria livre se não pudesse virar para meu pastor e dizer: O senhor, pastor, está errado.

Meu pastor é um grande homem de Deus (Elias Barreto - IBCM - Magé - RJ).

Se pro meu pastor eu posso falar, e ele é um homem de Deus, que dirá pra "pastores" da Igreja Universal do Reino do D.

Eu prefiro um exemplo do Velho Testamento:
"A quem enviarei e quem há de ir por nós?
-Eis-me aqui, Senhor. Envia-me a mim."

Em uma época que Deus "descia" o cajado sobre os seres humanos que erravam, ele enviou homens, escolhidos, preparados e ungidos por Ele, que na maioria das vezes não eram Líderes, Não eram levitas, Não eram Sacerdotes. Eram as vezes excluídos da convivência, tristes pelo povo.

Mas eram vozes de Deus para alertar o povo do erro.

Creio que isso de ver o que está errado no "evangelho" e avisar, é o papel da Sentinela.

Qual sentinela seremos nós? A que avisa a cidadela ou a que finge que "o bagulho" é com outro?

@jrvolkov

Anônimo 28 de março de 2010 00:24  

E ai galera blz

Moro no hawaii e achei seu podcast iradissimo.
Fazemos leitura e estudo da biblia todo Domingo aqui em casa!
Tenho um blog tbm.
www.bibleroots.blogspot.com
o pessoal participa via SKIPE do seu podcast , se m dia poder gostria muito de participar de um , abracao.

Postar um comentário

BLOG BOOKS!

Onde é que tá?

Divulgue-nos

T-7

Territorianos

Facebook

Comparsas

Siga-nos no Twitter

ImageHost.org
BlogBlogs.Com.Br