Não Somos Livres

Existe um pensamento que persiste e me deixa inquieto. 

Será que somos totalmente livres, como geralmente cantamos em algumas de nossas canções, na igreja ou fora dela, erguendo as mãos e fazendo "caretas proféticas"?

Eu ouso dizer que não. Ainda existe uma coisa que nos prende, e talvez nunca nos livremos dela.

Imagine comigo: o que estaríamos fazendo agora se fôssemos verdadeiramente livres? Frequêntaríamos uma denominação todo santo dia (como fazemos, muitas vezes, por obrigação ou dependência ritual)? Nos sujeitaríamos à empregos, faculdades, escolas ou instituições por simples imposição da sociedade? Acredito que não. 

Mas o que ainda nos prende e nos faz sobreviver às intempéries e desgostos da vida, é também o que nos dá liberdade de viver plenamente - experimentar o gosto doce de um refúgio seguro em meio às lutas do dia-a-dia: - o Amor de Deus

Este amor ainda nos faz cativos à obediência de Cristo. Nos põe de pé quando uma avalanche de problemas nos derruba. Nos lembra que a fé tem mais haver com nossas dúvidas do que com nossas certezas (Hb 11.1). Nos perdoa e traz aos corações feridos a esperança de um novo amanhecer.

Olhando no espelho e relembrando momentos bons e ruins da minha vida, afirmo sem pensar duas vezes: não quero estar livre deste amor jamais! E você, quer se livrar dele?


by GG

3 comentários:

Anônimo 15 de abril de 2010 14:56  

Livres pelo amor!

Que texto lindo... gostei demmaes;,.

Iraaaaaaaaaaa 16 de abril de 2010 10:32  

Mas eu entendo que ser livre é ser livre NESSE amor, livre das imposições do mundo..livres para amar como Ele nos amou (tentar pelo menos).. e realmente ainda sim estamos presos dentro das leis organizacionais humanos.. nem entro em detalhe o quanto me deixa louca ter que pedir permissão para visitar outra igreja..e pior ainda qdo pastor não gosta de outro e nos proibe ate de falar com membros.. mas..deixa pra la..talves esse seja um assunto mais pro #7cast rsrsrs

porele 16 de abril de 2010 10:52  

Ótima reflexão GG...

De fato, para o cristão não deveria haver outro constrangimento que não fosse este:

"Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram." (2 Coríntios 5:14)

nEle

Postar um comentário

BLOG BOOKS!

Onde é que tá?

Divulgue-nos

T-7

Territorianos

Facebook

Comparsas

Siga-nos no Twitter

ImageHost.org
BlogBlogs.Com.Br