O Deus que amou demais...



Era uma vez um homem que amava doentes, depravados, infelizes, tortos, injustiçados, pobres e pecadores, mas que nunca sorriu para a hipocrisia religiosa de alguns que, dizendo-se santos, afastavam-se dos doentes, depravados, infelizes, tortos, injustiçados, pobres e pecadores.

Era uma vez um Deus que amava doentes, depravados, infelizes, tortos, injustiçados, pobres e pecadores, mas que nunca sorriu para a hipocrisia religiosa de alguns que, dizendo-se santos, afastavam-se dos doentes, depravados, infelizes, tortos, injustiçados, pobres e pecadores.

Era uma vez um homem que amava demais. E nunca deixou de amar. E por isso morreu, abraçando pecadores e por eles dando sua vida.


Era, é, e sempre será um Deus que ama demais.


No vídeo, Matt Chandler // Nos versos, GG.

6 comentários:

Júnior 2 de abril de 2010 11:17  

Enfo.

"Jesus wants the rose"

Sem palavras.

GG 2 de abril de 2010 11:22  

"Jesus wants the rose" mexeu comigo demais... ô!

Anônimo 2 de abril de 2010 11:39  

Chorei chorei chorei e chorei

Kely 2 de abril de 2010 15:13  

Obrigada, Senhor, por querer a rosa... Há 12 anos atrás, enquanto muitos viam meus espinhos e imperfeições, fui querida por Ti. Sem palavras...

Tiago 2 de abril de 2010 17:05  

Show, chorei

S.O.S Gospel 3 de abril de 2010 01:27  

bahh... fazia tempo que não via um vídeo bom e olha que quase não dei play nesse! Thanks!

Postar um comentário

BLOG BOOKS!

Onde é que tá?

Divulgue-nos

T-7

Territorianos

Facebook

Comparsas

Siga-nos no Twitter

ImageHost.org
BlogBlogs.Com.Br